A ULTIMA DO ANO: FEIRA DAS YABÁS TERÁ NO PRÓXIMO DOMINGO O ANIVERSÁRIO DE BAMBA


Salve, salve!yabas

Era costume no subúrbio, criar animais,como aves e porcos, tudo isso na preparação de uma festa especial. E assim que a feira das Yabas se preparou para agora  em dezembro,  comemorar o ANIVERSÁRIO DE BAMBA. Uma festa que vai ficar na história do bairro de  Oswaldo Cruz.A tradicional roda de samba comandada por Marquinhos de Oswaldo Cruz,  vai receber três Bambas que aniversariam em Dezembro.  Noca da Portela, Wilson Moreira e Tuninho Nascimento.E este grande momento   será no dia 14 de Dezembro, a partir das 13h, na Praça Paulo da Portela, marcando a última edição do ano da Feira das Yabás.

A Feira das Yabás,   conta com o patrocínio da Prefeitura do Rio de Janeiro, desde abril de 2012 ,apoio da TV Globo e a produção da  Conceito A Mais e  tem barracas de comidas de origem afriacana-carioca, como Tripa Lombreira,Feijoada e Vaca Atolada , que se unem a roda de samba de raiz que animam uma multidão todo segundo domingo de cada mês.

Sobre os bambas aniversariantes

Em seis décadas de carreira, Noca da Portela,teve mais de 360 canções gravadas por ele próprio e por grandes nomes da música popular brasileira, como Maria Bethânia, Elza Soares, Beth Carvalho, Nara Leão, Mart’nália, Paulinho da Viola, Zeca Pagodinho, Jamelão, Marinho da Vila e Seu Jorge.

O compositor dedicou mais de 40 anos da sua carreira à Portela e é considerado hoje uma voz de grande relevância no mundo do samba. Aos 81 anos, representa uma geração de músicos do gênero da mais alta qualidade, sendo considerado um dos bambas do samba carioca. Noca já venceu 7 vezes na sua escola de cora é um dos autores do samba-enredo que a Majestade do Samba vai levar para o sambódromo no carnaval 2015.

Nascido em Belém do Pará, Toninho Nascimento ingressou na ala de compositores da Portela em 1973, ano em que Clara Nunes gravou “ Contos de Areia “, um marco na biografia musical do Compositor,  que também inclui parcerias com Romildo, Jorge Aragão Almir Guineto, Délcio Carvalho, Roberto Ribeiro, Alceu Maia, Noca da Portela, Toninho Gerais , Luiz Carlos máximo, Marquinhos de Oswaldo Cruz, entre outros.

 

Toninho teve suas obras gravadas por ícones da nossa MPB. Além de Clara Nunes, temos  Elizeth Cardoso, Elza Soares, Agepê, Originais do Samba, Élson do Forrogode,Roberto Ribeiro, Beth Carvalho, Alcione, Paulinho da Viola, fundo de quintal, negritude júnior, grupo raça, razão brasileira, Jorginho do Império,  Jair Rodrigues, Neguinho da Beija-Flor, Vander Pires,  Luiz Ayrão e Maria  Bethânia.Nos últimos três anos Toninho  assinou os sambas-enredo da Portela e segue a carreira  de cantor desde 2007.

 

Já Wilson Moreira que além de compositor de inúmeros sucessos gravados por grandes nomes como Zeca Pagodinho (… Judia de mim… judia…) Jorge Aragão (… O bangalô, no mais lindo canto da cidade…), Alcione (… Esse amor me envenena…), Dudu Nobre (… Goiabada Cascão em caixa…), Beth Carvalho (… Estou morrendo de saudades..), Zezé Mota (… Abra as asas sobre mim… Ò Senhora Liberdade…), Wilson vai nos honrar com sua doce presença no maior evento a céu aberto da cidade.

 

 

 

 

Sobre as Rodas de Samba

 

Esse mito de origem do samba brasileiro – comprovado por várias fontes históricas – gira em torno dafamosa Tia Ciata e de  sua casa na Rua da Alfândega, e depois na cidade nova, no Rio de Janeiro. Tia Ciata era uma mãe de santo baiana que havia chegado ao Rio no início do século xx. Sua casa sintetiza os principais elementos que estão na origem do samba carioca: a presença dos migrantes baianos, do samba-de-roda e do candomblé. Donga que, em 1916, gravou “pelo telefone”, e João da Baiana, juntamente com Pixinguinha e outros músicos importantes da época, frequentavam as rodas de samba da casade Tia C iata e foram os responsáveis pela fusão dessa música com instrumentos de tradição ibérica, como a flauta, o violão e o cavaquinho, característicos do choro.

 

 

Sobre a Feira das Yabás

 

Além de música na Praça Paulo Portela, a Feira das Yabás conta com 16 barracas de comidas típicas do subúrbio carioca, cada uma com um prato diferente. Nessa cozinha a céu aberto, são as Yabás (termo que refere-se a Yemanjá e Oxum, mas que, no Brasil, é utilizado para definir todo orixá feminino), ou seja, são as matriarcas das famílias mais importantes e tradicionais da região de  Oswaldo Cruz, que apresentam suas delícias. Carinhosamente chamadas de “barraqueiras”, as mulheres preparam ali pratos que parecem feitos especialmente para acompanhar as tradicionais rodas que atraem bambas do samba , como Monarco e Tereza Cristina, sem falar no diversificado público de turistas e cariocas das zonas Sul, Oeste , Norte, Baixada e detodo grande Rio.

 

 

Evento acontece desde 2008

A primeira edição da Feira das Yabás  aconteceu em 2008, por iniciativa de Marquinhos de  Oswaldo Cruz, que depois de recriar o Trem do Samba e a feijoada da Portela, resolveu cantar seus sambas na quadra da Portelinha, regado a macarrão com carne assada. Nascia, assim, a primeira edição da Feira, que hoje reúne milhares de visitantes .

 

SERVIÇO:

  • Feira das Yabás – gastronomia e roda de samba
  • Roda de Samba de Marquinhos  de Oswaldo Cruz comemorando os aniversário de Bamba com shows de Noca da Portela, Toninho Nascimento e Wilson Moreira.
  • Quando: Domingo, 14  de Dezembro de 2014.
  • Hora: a partir das 13h
  • Local: Praça Paulo Portela, Oswaldo Cruz – Rio de Janeiro
  • Evento gratuito

Curta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s