MUSEU DO SAMBA TERÁ EQUIPE TREINADA NA ESCOLA DE ESTUDOS MUSEOLÓGICOS DA UNIVERSIDADE DE LEICESTER, NA INGLATERRA


Salve, salve!museu

O Research Centre for Museums and Galleries (Centro de Pesquisas em Museus e Galerias) da Escola de Estudos Museológicos da Universidade de Leicester, na Inglaterra, firmou parceria com o Museu do Samba, localizado na Mangueira, Rio de Janeiro, para treinamento da equipe da instituição carioca. A primeira fase da parceria aconteceu entre os dias 2 e 4 de maio, quando Nilcemar Nogueira e Gegê Leme Joseph, respectivamente, diretora-executiva e consultora do Museu do Samba, viajaram a Londres para reunião de planejamento com os especialistas da Escola de Estudos Museológicos.

O treinamento tem como objetivo a capacitação da equipe do Museu do Samba para a aplicação de metodologias de pesquisa de públicos e visitantes, de modo a incorporar necessidades e demandas destes públicos ao planejamento e às ações e programas do museu carioca. “Acredito que este projeto de colaboração seja uma experiência pioneira no Brasil pois, em geral, temos uma política imediatista, com pouca preocupação com os verdadeiros anseios do visitante”, afirma Nilcemar Nogueira.

Neta de Cartola e Dona Zica, Nilcemar Nogueira coordenou a pesquisa que levou o samba a receber do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) o título de patrimônio cultural imaterial do Brasil, em 2007. “É ainda um desafio trabalhar a musealização do patrimônio imaterial. Queremos que toda a sociedade, e não somente a comunidade do samba, possa ter o Museu do Samba como um lugar de pertencimento, afinal estamos contando a história de nossa principal referência cultural”, acrescenta Nilcemar.

O Research Centre for Museums and Galleries (RCMG) da Inglaterra vai desenvolver um projeto sob medida para o Museu do Samba. Em julho, cinco pesquisadores da instituição carioca retornarão a Londres para o treinamento em metodologias de pesquisa de públicos e visitantes aplicada ao processo de planejamento museológico. Com supervisão da equipe do RCMG, a equipe do museu implantará o projeto até janeiro de 2017.

Sobre o Museu – A história do Museu do Samba começa em 2001, quando Nilcemar Nogueira criou o Centro Cultural Cartola, localizado às margens do Morro de Mangueira, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Inicialmente debruçado sobre a memória de Cartola e sua obra antológica, ao longo dos anos o Centro Cultural Cartola foi se tornando referência em pesquisa, preservação de memória e fomento de atividades culturais para sambistas e instituições ligadas ao samba e carnaval. Em agosto de 2015, o espaço mudou de nome, passando a chamar-se Museu do Samba.

Curta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s