SALGUEIRO: LAÍLA E NÊGO SÃO OS INTÉRPRETES HOMENAGEADOS DA SEMANA


Salve, salve!salgueiro

A série de homenagens aos intérpretes que já passaram pela Academia do Samba segue com mais dois grandes nomes. Na noite do próximo sábado (26), Laíla e Nêgo serão reverenciados durante o ensaio do Salgueiro, prometendo mais uma noite de muita emoção. 

Cria da Tijuca, na Zona Norte carioca, Laíla chegou ao Salgueiro aos 10 anos. Foi ritmista, integrou a ala de compositores, foi diretor de carnaval e em 1974 gravou o samba “O Rei de França na Ilha da Assombração”. Na avenida, cantou ao lado dos autores Zé Di e Noel Rosa de Oliveira. No ano seguinte, ele gravou e cantou na avenida “As Minas do Rei Salomão”.

Nêgo, por sua vez, chegou ao Salgueiro em 2001. Ele defendia, na disputa de sambas, a obra da parceria que foi vencedora (Augusto, José Carlos da Saara e Rocco Filho) e foi convidado pela direitoria para permanecer e defender na avenida “Salgueiro no Mar de Xarayés, é Pantanal, é Carnaval”. No ano seguinte, permaneceu na vermelho e branco.

Antes das homenagens, o público terá, a partir a apresentação do grupo Ritmo Total e interação do grupo de passistas. Em seguida, os ritmistas da Bateria Furiosa, sob comando de Mestre Marcão, assumem o ritmo com os intérpretes oficiais Serginho do Porto e Leonardo Bessa.

Abrilhantando ainda mais a noite de samba, os  casais de mestre-sala e porta-bandeira, baianas, velha-guarda e diversos componentes evoluem ao centro da quadra, abrindo passagem para as homenagens.

 

Curta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s