IMPÉRIO SERRANO, TUIUTI E ILHA: RESUMÃO DA PRIMEIRA NOITE DE ENSAIOS TÉCNICOS NA SAPUCAÍ!


Salve, salve!

O Sambódromo da avenida Marquês de Sapucaí recebeu neste domingo, dia 15 de janeiro, os seus primeiros ensaios técnicos para o Carnaval 2017. Três escolas foram as responsáveis por abrir os trabalhos: Império Serrano, Paraíso do Tuiuti e União da Ilha do Governador. 

Império Serrano

imperio-serrano

Abrindo a temporada de ensaios técnicos na Sapucaí, o Império Serrano realizou uma apresentação regular, deixando a desejar principalmente no canto dos componentes, mas apresentando pontos positivos, como o casal e a comissão de frente.

A Verde e Branco da Serrinha iniciou seu ensaio com uma Comissão de Frente que arrancou aplausos e gritos entusiasmados da arquibancada, principalmente no final da coreografia, quando os dançarinos exibiam a bandeira da escola. Liderada por Júnior Scapin, a Comissão não mostrou muito da sua coreografia oficial, guardando esta para o desfile oficial. Os integrantes vieram trajados com cocar de palha e lanças.

O primeiro casal do Império passou por momentos apreensivos antes do ensaio, isso porque a porta-bandeira Raphaela Caboclo enfrentou problemas com a maquiagem e por pouco não perdeu a entrada da escola na Sapucaí. Recuperados do susto, Raphaela e Feliciano apresentaram uma dança segura e correta. Ambos usavam figurinos especiais de acordo com o enredo, ele de caipira e ela de borboleta.

O canto da escola teve momentos de oscilação e acabou sendo o seu maior problema durante o ensaio técnico. Nem mesmo o bom samba da Verde e Branco de Madureira foi capaz de contagiar seus integrantes. Apesar disso, o carro de som, comandado pelo intérprete Marquinho Art’Samba, fez uma ótima passagem e foi um dos pontos positivos do ensaio, apresentando bom entrosamento com a bateria Sinfônica do Mestre Gilmar, que optou por um andamento mais cadenciado e com poucas bossas, dando boa sustentação ao longo de todo o desfile.

Paraíso do Tuiuti

tuiuti

Recém chegada ao Grupo Especial, a escola de São Cristóvão levou um mar de cores a Sapucaí, fazendo um ensaio descontraído e bastante correto.

A Comissão de Frente, sob o comando de Jaime Arôxa, apresentou uma coreografia preparada especialmente para este domingo. “A apresentação de hoje é somente para o ensaio técnico. Guardamos o melhor para o dia do desfile”, confirmou Arôxa. O grupo usava figurinos bem coloridos e era formado por treze mulheres e dois homens.

Após um ano dançando pela Viradouro em 2016 na Série A, Marquinhos e Giovana, voltaram a elite do carnaval defendendo o pavilhão da Azul e Amarelo. A dupla mostrou que experiência faz a diferença. Com um bailado seguro, o casal esbanjou simpatia e elegância ao longo da Sapucaí.

A agremiação distribuiu cerca de 3 mil perucas para os componentes, causando um belo efeito na avenida. Cada ala utilizava as utilizava em uma cor diferente.

Vestidos em homenagem ao apresentador Chacrinha, a bateria da escola de São Cristóvão foi outro ponto positivo da noite. Comandada pelo Mestre Ricardinho, colecionador de notas 10 na Série A e que faz sua estreia no Grupo Especial em 2017, a SuperSom manteve um ritmo seguro e exibiu bastante criatividade nas bossas, levantando a Sapucaí em variados momentos.

Por causa do calor, alguns componentes do Tuiuti se sentiram mal ao longo do ensaio técnico. Entre eles a rainha de bateria da escola, Caroline Marins, filha do presidente Thor. Mesmo assim, a beldade se recuperou e terminou o desfile a frente de seus ritmistas.

O ensaio foi marcado ainda pela organização das alas, que evoluíram com total liberdade de movimento. No geral, o saldo do ensaio foi positivo, mas o canto ainda pode ser melhorado até o dia do desfile oficial, já que algumas alas reagiam apenas nos refrões do samba.

União da Ilha

ilha

Terceira e última escola, a tricolor insulana fez seu tambor ecoar na Sapucaí, realizando o melhor ensaio da noite.

A comissão de frente, assinada por Carlinhos de Jesus, brindou o público com uma bela coreografia , apresentada por 15 homens, todos negros. Bem ensaiados, o grupo foi bastante aplaudido, deixando um semblante de tranquilidade no coreógrafo, que acompanhou bastante atento as apresentações nas cabines de jurados.

Em noite mágica, Dandara Ventapane e Phelipe Lemos, deram um verdadeiro show na avenida. Com uma coreografia totalmente “incorporada” ao samba, a dupla arrancava aplausos por onde passava. O casal se mostra cada vez mais entrosado e preparado em busca dos 40 pontos.

A escola foi a única neste domingo que levou para a Sapucaí uma alegoria. No caso, um grande tripé com o nome da escola em neon e uma escultura em alusão ao enredo. O samba foi bem cantado não só pela comunidade, mas pelo público presente, principalmente nos primeiros setores da agremiação.

Ito Melodia, também foi destaque no ensaio, junto com o carro de som. O intérprete mais uma vez foi um dos grandes responsáveis pela interação do público com a escola e se mostrou bastante entrosado com a Baterilha do Mestre Ciça, que apresentou excelentes bossas, fechando com chave de ouro uma ótima noite no quesito bateria.

Jorge Azevedo e Felipe Araujo

Curta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s