MESTRE TORNADO SEGUE NO COMANDO DA BATERIA “RITMO QUE INCENDEIA” DA DRAGÕES DA REAL


Salve, salve!

Mestre Tornado seguirá no comando da bateria da Dragões da Real em 2018. Indo para o quarto carnaval consecutivo à frente da “Ritmo que Incendeia”, Tornado conversou com o MARQUÊS e comemorou o acerto com a escola por mais um carnaval.

“Estou muito feliz! Além da continuidade do trabalho e a confiança que toda Diretoria da escola nos dá, o ambiente super familiar da escola tiveram um peso muito grande na minha permanência. Independente das notas do carnaval, o trabalho feito durante o ano foi super produtivo, criamos novos ritmistas e também foi dada uma “identidade” a nossa bateria. A resposta foi dada no desfile aonde fomos aplaudidos do início ao fim. Hoje todos sabem que somos realmente a Ritmo que Incendeia!” – disse o mestre de bateria.

Sobre o vice-campeonato do Grupo Especial, resultado inédito alcançado pela Dragões em 2017, Tornado comentou que foi um ano que ficará para a história da agremiação.

“Foi muito gratificante fazer parte disso. Só fica na história quem faz história. Hoje, não somente eu, mas todos que estão na escola já fazem parte desta história. E ainda tem MUITO mais para acontecer. Podem esperar!” – finalizou.

Com o enredo “Dragões canta Asa Branca”, a Dragões da Real levou para o Anhembi em 2017 a saga do nordestino que deixa sua terra e vai tentar a sorte em outro lugar. A escola conseguiu sua melhor posição de sua ainda curta história de 17 anos, ao conquistar o vice-campeonato do Grupo Especial de São Paulo.

por Felipe Araujo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s