UM MÊS APÓS ACIDENTE NA SAPUCAÍ, JORNALISTAS SEGUEM INTERNADAS EM HOSPITAIS DO RIO


Fotógrafa Lucia Mello, uma das feridas no acidente | Foto: Ricardo Almeida

Salve, salve!

Há um mês atrás, domingo como hoje, era dia 26 de fevereiro, primeiro dia de desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Depois de dois dias de boas apresentações das escolas da Série A, a expectativa era grande entre todos para conferir o espetáculo das agremiações do principal grupo da Cidade Maravilhosa.

A Paraíso do Tuiuti abria a primeira noite com um grande desfile em homenagem ao movimento tropicalista. A escola, recém-promovida da Série A, passava na avenida sem maiores problemas Só faltava entrar o último carro na avenida para concluir a sua boa apresentação. As manobras no chamado “joelho” da Sapucaí são sempre complicadas, mas a escola vinha bem e ninguém poderia imaginar que pudesse ocorrer nada demais. Eis que a alegoria entra em diagonal, em uma manobra pouco usual, atingindo primeiramente as grades do Setor 1, em seguida os camarotes onde ficam os órgão públicos, para finalmente num movimento de “ré” atingir novamente a grade do primeiro setor antes de enfim seguir rumo a passarela de desfiles.

O acidente com a alegoria do Tuiuti provocou mais de duas dezenas de atendimentos na Sapucaí, entre ferimentos físicos e os causados em decorrência do estresse do acidente. De todos os feridos, duas jornalistas seguem internadas. Trata-se da fotógrafa Lúcia Regina de Melo Freitas e da radialista Elizabeth Ferreira Joffe, a Liza Carioca.

O MARQUÊS conversou com André Rambo, marido da Lúcia Melo, que está internada no Miguel Couto, na Gávea.

“O maior problema da Lúcia foi na perna, onde estão concentrados os esforços da equipe médica. Ela passa por avaliações diárias e segue na UTI do hospital porque lá é o melhor lugar pra controlar a pressão, batimentos, essas coisas. Ela não tem tido febre, nem outra reação qualquer que possa atrapalhar a recuperação. A luta é grande, mas a fé e a força que os amigos estão nos dando neste momento fazem a gente seguir em frente.” – disse Rambo.

Paulinho Carioca, marido de Liza, também conversou com o MARQUÊS sobre o estado de saúde da esposa.

“A Liza está bem, estável. Os procedimentos no quadril terminaram, foram sete cirurgias no total. Na terça-feira ela fará a cirurgia de encaixe do fémur no quadril e a colocação de suportes externos para concluir essa fase de cirurgias e em seguida entrar na fase de recuperação. Vamos vencer!” – falou Paulinho.

Liza e Paulinho Carioca | Foto: Arquivo Pessoal

Um mês após o grave acidente na Sapucaí, Liza e Lúcia seguem firmes e fortes no objetivo de suas recuperações. O MARQUÊS segue na torcida por duas colegas de imprensa carnavalesca e se solidariza com amigos e familiares das mesmas. Que boas energias e orações possam ser canalizadas na direção de ambas. Em breve a tempestade passa e a calmaria chega!

Vale lembrar que as doações de sangue para as vítimas dos acidentes no Carnaval seguem sendo realizada no HEMORIO, localizado na Rua Frei Caneca, nº 8, Centro do Rio.

por Felipe Araujo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s