PRATA DA CASA, MESTRE ALLAN MEIRA PERMANECE À FRENTE DA BATERIA DA COLORADO DO BRÁS


Salve, salve!

“Apesar de ser a primeira vez na minha carreira que assumo sozinho uma bateria, isso não será um desafio, mas sim a continuidade do trabalho que já venho desenvolvendo nesses dois anos. Vou trabalhar muito ao lado dos diretores e ritmistas para conquistar nosso objetivo”, declara Allan Meira, que iniciou sua carreira como ritmista aos 6 anos, tocando repenique sob os olhares do mestre Lagrila, que na época dirigia a bateria da Colorado.

Em seus 21 anos como ritmista, Allan sempre esteve na Ritmo Responsa mas também passou pela batucada de outras agremiações como: Império da Casa Verde, Gaviões da Fiel, Acadêmicos do Tucuruvi, X-9 Paulistana, Mancha Verde, Tradição Albertinense. “Aprendi outros instrumentos com o Mestre Clodoaldo e fui diretor do mestre Adamastor. Essas experiências foram fundamentais em minha trajetória para que eu assumisse como mestre em 2016 ao lado de Bola”, relembra.

“Allan é ‘nossa cria’ e vamos apoiá-lo em tudo nessa nova etapa e confiamos no trabalho dele para cuidar do coração da nossa escola”, afirma o presidente Antônio Carlos Borges, carinhosamente conhecido como Ká. A decisão entre a diretoria e o músico aconteceu na noite de ontem na sede da agremiação.

Família Vermelha e Branco

Allan Meira é filho da saudosa “tia Cida” (Maria Aparecida Perez) que durante 20 anos fez parte da escola, sendo 15 no departamento de harmonia e conselheira da agremiação. Além dele e da mãe, a irmã Andrezza Meira é coordenadora da Ala das Passistas. Seu sobrinho Vinicius de 11 anos está seguindo os passos do tio e já é integrante da bateria desde os 7 anos e toca surdo de terceira. Sua enteada Giovanna de 10 anos é membro da Ala das Crianças. Com 27 anos é formando em design de interiores e é casado com Paola Rivatto, formada em arquitetura e secretária da agremiação.

Trajetória

  •  2011 – diretor geral da bateria na Tradição Albertinense, que na época estava no Grupo 2 da UESP;
  • 2012 até 2013 – diretor geral da bateria da Acadêmicos do Tucuruvi, na época dirigida pelo Mestre Adamastor, Grupo Especial;
  • 2012 –  diretor de tamborim da Ritmo Responsa, Colorado do Brás pelo Grupo de Acesso;
  • 2013 até 2014 – foi diretor geral da Ritmo Responsa, Colorado do Brás pelo Grupo de Acesso;
  • 2014 –   diretor geral da bateria da Independente, no Grupo 1 da UESP;
  • 2014 até 2015 –  diretor de surdo de terceira da bateria Pulsação Nota 1000 da X-9 Paulistana com mestre Adamastor, no Grupo Especial;
  • 2016 até 2017 – assumiu como mestre da Ritmo Responsa ao lado de Anderson Luiz (mestre Bola).

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s