IMPÉRIO GONÇALENSE APRESENTA NOVOS REFORÇOS PARA O CARNAVAL 2018


Salve, salve!

O Império Gonçalense, que será a décima terceira escola a desfilar pela Série E no Carnaval de 2018, vem anunciando contratações afim de formar uma forte equipe e brigar pelo acesso para a Série D. 

Nesta semana, a escola de São Gonçalo apresentou a contratação de mais dois profissionais. Rodrigo Avellar cuidará da Comissão de Frente, enquanto Léo Brito será o responsável pela Bateria da escola.

Rodrigo Avellar começou no Carnaval desfilando em diversas comissões de frente, trabalhou com vários coreógrafos como Ana Botafogo, Helio Bejani, Marcelo Missailidis, Paulo Mantuano, Sergio Lobato, Claudia Mota, e Carlinhos de Jesus.

Ele é formado em Hip Hop, Jazz, possui experiência em Ballet Clássico e Afro Dance, tendo participado de diversas companhias de dança do país, além de programas de TV.

“Aceitei e agradeço o convite do presidente Hugo Júnior. Quero realizar um bom trabalho e ajudar a escola a chegar ao título da Série E. Estarei em breve definindo a minha equipe de trabalho rumo ao Carnaval de 2018”, salientou.
Ele foi também coreógrafo de alas, alegoria e da comissão de frente mirim da Mocidade Independente de Padre Miguel. Além disso, foi responsável pela coreografia de alguns casais de mestre-sala e porta-bandeira das escolas de samba Mocidade Independente de Padre Miguel, Acadêmicos do Grande Rio e Paraíso do Tuiuti. Passou ainda por comissões de frente como bailarino e assistente na Unidos de Vila Isabel, Mocidade Independente de Padre Miguel, Acadêmicos do Salgueiro e Unidos do Viradouro.

Léo Brito comandará a bateria do Império Gonçalense

O Império Gonçalense terá no comando de sua bateria o mestre Léo Brito. Ele começou em 2004 na bateria mirim da Unidos Porto da Pedra e, por se destacar, foi integrado à principal já no seu segundo ano, onde permaneceu até o Carnaval de 2016. Passou também pela Acadêmicos do Cubango em 2007.

Feliz pelo convite feito pelo presidente da Império Gonçalense, Hugo Júnior, Léo Brito declarou: “Será um grande desafio meu primeiro ano como mestre de bateria. Vou colocar todo meu aprendizado em prática, e junto com a minha bateria Cadência Imperial, poder trazer esse título para o município onde nasci. Agradeço a oportunidade ao presidente Hugo Júnior que acreditou em meu potencial. Aos mestres que ao longo da minha trajetória me ensinaram, o meu muito obrigado. Vamos fazer história no Carnaval”, ressaltou.

Léo Brito participou ainda do Carnaval de Cabo Frio (antiga escola Point 44) e na Acadêmicos do Universo, em São Gonçalo, como diretor de bateria.

Seu último trabalho foi em 2016 como diretor de bateria na Acadêmicos do Sossego, onde a escola sagrou-se campeã da Série B, conquistando as notas máximas, e retornando ao Grupo A.

O Império Gonçalense será a décima terceira escola a desfilar pela Série E do Carnaval de 2018, da Liesb.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s