MANOEL DIONÍSIO RETORNA À PRESIDÊNCIA DA ESCOLA DE MESTRE-SALA, PORTA-BANDEIRA E PORTA-ESTANDARTE


Salve, salve!

Após um período afastado da gestão do renomado projeto que já formou inúmeros dançarinos no samba, o fundador da Escola de Mestre-Sala, Porta-Bandeira e Porta-Estandarte Manoel Dionísio, retorna à presidência da instituição trazendo novidades. Uma delas é a volta às aulas no próximo sábado, dia 10 de junho, às 13h, na Passarela do Samba. O local, que fica na praça de alimentação do Sambódromo, no Setor 2, está reformado e pronto para receber novos e antigos alunos que sonham em aprender o bailado do quesito.

Outra novidade serão as aulas teóricas que acontecerão todas as quintas-feiras, das 19h às 21h, no mesmo local. Nas aulas serão estudados os fundamentos e origens da dança, questões éticas e profissionais do dançarino, regulamento de desfile, entre diversos outros temas que fazem parte de um quesito tão especial e rigoroso dentro do carnaval. Também haverá participações de personalidades do meio com palestras e a troca constante de aprendizados.

A nova gestão do projeto também vai oferecer aos alunos profissionais de apoio nas áreas de assistência social, psicologia e fonoaudiologia.  Na parte dos professores, uma equipe de estagiários da UFRJ e da UFF, coordenados pelo coreógrafo e Bacharel em Dança Jardel Lemos, vai compor o departamento de Postura do Movimento Corporal; e o Mestre-Sala da Grande Rio Daniel Werneck, está como coordenador dos instrutores da dança.

Para Manoel Dionísio, esse é o momento de unir forças: “Vou precisar muito da ajuda de todos. Fiz novas parcerias, conversei com parcerias antigas e quero dar uma nova roupagem à escola. Vamos voltar com força total”, afirma empolgado.

As inscrições podem ser feitas às quintas-feiras ou aos sábados no local das aulas. É necessário levar duas fotos 3×4 do aluno, uma cópia da certidão de nascimento, o contato do responsável (para alunos menores de idade) e fazer a compra da camisa do uniforme, no valor de R$25. As aulas são gratuitas.

A Escola: Resistência e Perpetuação do Samba

Diante da necessidade de ter novos casais aptos a executarem a dança específica desse segmento nas escolas de samba e nos blocos, Mestre Manoel Dionísio cria, em 17 de julho de 1990, a Escola de Mestre-Sala, Porta-Bandeira e Porta-Estandarte. As aulas aconteciam na sede da Federação dos Blocos, mas com o tempo o espaço foi ficando pequeno, dado a demanda de novos alunos. Sendo assim, levou a ideia da transferência de local para a Riotur, que apoiou e a prefeitura cedeu o espaço no Sambódromo, onde até hoje acontecem as aulas. No ano de 2017, a escola completa 27 anos formando tantos casais que hoje brilham na Avenida e nas ruas da cidade.

Serviço:

  • Escola de Mestre-Sala, Porta-Bandeira e Porta-Estandarte
  • Local: Praça de Alimentação do Sambódromo, Setor 2
  • Horários: Aulas Teóricas – Quintas-feiras, das 19h às 21h
    Aulas Práticas – Sábados, das 13h às 18h

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s