MUSEU DO SAMBA GRAVA DEPOIMENTOS DE TIA SULUCA DA MANGUEIRA E IRENE 15 DA PORTELA NESTE SÁBADO


Salve, salve!

Dando prosseguimento ao projeto de salvaguarda da memória do samba, o Museu do Samba recebe no próximo sábado, dia 1° de julho, duas grandes damas do samba carioca para gravação no projeto “Memória das Matrizes do Samba do Rio de Janeiro”. O projeto, parte do Programa Territórios Culturais RJ/Favela Criativa, da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro em parceria com a Light e a Agência Nacional de Energia Elétrica, recebe Tia Suluca, presidente de honra da ala das baianas da Estação Primeira de Mangueira, e Irene 15, ex-porta bandeira da Portela na década de 1970. Elas contarão histórias, curiosidades e falarão de suas trajetórias no Carnaval e no cotidiano de suas escolas do coração. 

Gravadas em vídeo, as entrevistas são comandadas pelo jornalista Aloy Jupiara e pela pesquisadora Rachel Valença em dois horários distintos. Às 11h, Tia Suluca abre a programação e, às 13h, é a vez de Irene 15. As gravações são abertas ao público, que pode se inscrever gratuitamente pelo e-mail contato@museudosamba.or g.br. O Museu do Samba fica na Rua Visconde de Niterói, nº 1296, na Mangueira, Zona Norte do Rio. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (21) 3234-5777.

Em 2017 já foram registradas entrevistas com sambistas como Ito Melodia, intérprete da União da Ilha do Governador, a cantora Leci Brandão, Nãnãna, primeira rainha de bateria da história da Mangueira, Estandília, porta-bandeira do Salgueiro e o intérprete Rico Medeiros. Ainda esse ano, um total de dez personalidades do mundo do samba terão gravado registros para o acervo do Museu, que já conta com mais de 100 depoimentos em vídeo de sambistas cujas histórias têm sido determinantes para a valorização, preservação e difusão do samba e da cultura das escolas de samba do Rio de Janeiro. Todas as gravações estão disponíveis para consulta do público e têm sido fonte para pesquisadores, acadêmicos, jornalistas e escritores.

SERVIÇO:

  • MUSEU DO SAMBA
  • Gravação para o projeto “Memória das Matrizes do Samba do Rio de Janeiro”, com Tia Suluca e Irene 15
  • Data: sábado, 1° de julho
  • Horário: 11h – Tia Suluca ; 13h – Irene 15
  • Endereço:  Rua Visconde de Niterói, 1296 – Mangueira
  • Entrada: Gratuita
  • Inscrições: contato@museudosam ba.org.br
  • Informações: (21) 3234-5777

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s