DAISY YARA ASSUME A COMISSÃO DE FRENTE DO TUPY DE BRAZ DE PINA


Salve, salve!

Com passagem de destaque em 2016 pelo Grupo E com o Tupy de Braz, a coreógrafa e professora de dança, Daisy Yara, retorna à agremiação e assumirá a comissão de frente no Carnaval de 2018. O anúncio foi feito pelo presidente Fábio Augusto, que elogiou o primeiro trabalho da coreógrafa na azul e branco da Zona Norte. “A Daisy começou conosco no retorno do Tupy ao Carnaval carioca. Ela fez um trabalho de destaque e decidimos, eu e a minha diretoria, trazê-la de volta à escola. Estamos reforçando os segmentos para atingirmos nosso objetivo que é chegarmos ao título em 2018”, destacou.

Apaixonada por dança, Daisy Yara adorou a experiência de comandar uma comissão de frente, acrescentando que o trabalho foi surpreendente. “Sou professora de dança e a minha vida sempre foi estar numa academia. Eu já trabalho com dança há 34 anos. Trabalho em outros locais e no meu Centro de Dança. Tenho uma equipe que trabalha junto comigo nos locais que tenho Centro de Dança, no bairro de Rocha Miranda e no Município de São João de Meriti, que agora passaram a ser Espaço de Dança. Minha equipe me ajuda muito. Gosto muito do que faço. Dou aulas para crianças a partir dos três anos de idade. Oferecemos todas as modalidades de dança, sendo que as pessoas procuram mais o balé. Tenho também o jazz, dança de salão, entre outras estilos. Trabalho mais com as modalidades jazz, sapateado e balé infantil”, ressaltou.

Ao ser convidada para retornar à escola, a professora não pensou duas vezes. “Participei do primeiro carnaval do Tupy porque recebi o convite do presidente Fábio Augusto, que é amigo do meu filho. Na época que ele assumiu a escola precisava de uma coreógrafa, surgiu o convite e aceitei. Nunca tinha trabalhado com comissão de frente, mas o trabalho e o resultado foram surpreendentes. A experiência foi muito gratificante. Adorei e estou de volta. A minha comissão, em 2016, representava os índios no enredo em homenagem a destaque Tânia Índio do Brasil. Perdemos só três décimos por conta dos acessórios que caíram enquanto nos apresentávamos, mas a coreografia foi especial. Depois sai da escola e agora estou retornando”, alegou.

Para o desfile de 2018, Daisy Yara adiantou que o público pode esperar grandes surpresas da comissão de frente do Tupy de Braz de Pina. “Eu trabalho em várias escolas mas nunca fiz nenhum trabalho para escolas de samba. Gostei muito de trabalhar no Tupy e aceitei o convite porque a escola tem um enredo maravilhoso. Vamos sentar em breve para desenharmos a coreografia. Acredito que iremos começar assim que apresentarmos o enredo em homenagem ao Império da Tijuca, no dia 12 de agosto. Vamos começar a ensaiar com os 15 bailarinos. Pretendo fazer um trabalho diferente porque gosto de colocar um pouco de teatro na coreografia. Posso garantir que a comissão levará algumas surpresas para a Avenida. Eu amo coreografar. Terei uma equipe de professores especializados para me ajudar a conquistar os 40 pontos”, adiantou.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s